Momento da premiação do Cielo – medalha de OURO – recorde mundial – Ouro nos 50 m livre dos Jogos Olímpicos de Pequim, no ano passado, César Cielo repetiu a dose nesta quinta-feira, só que nos 100 m, e conquistou o primeiro triunfo do Brasil neste Mundial de Esportes Aquáticos de Roma. Com o tempo de 46s91, o brasileiro também estabeleceu o novo recorde mundial da prova e, assim como na capital chinesa, chorou no pódio.A medalha de ouro também encerrou um jejum de 27 anos sem vitórias do Brasil nas piscinas de 50 metros em um Mundial. A última vez que o País comemorou um ouro foi com Ricardo Prado, vencedor nos 400 m medley em Guayaquil, no Equador. Com o tempo de 46s91, Cielo – bronze nos 100 m livre na Olimpíada de Pequim – desbancou o australiano Eamon Sullivan, que conseguiu 47s05 nos Jogos da China, e se tornou o primeiro nadador a obter um desempenho abaixo dos 47 segundos. O segundo lugar da prova ficou com o francês Alain Bernard, que fez 47s12, seguido de seu compatriota Frederick Bousquet, com 47s25. Nicholas Santos, outro representante brasileiro na final, foi o oitavo, com 48s01. Esta é a terceira medalha do Brasil, que faz sua melhor campanha em toda a história do Mundial de Esportes Aquáticos. Nas outras conquistas, Poliana Okimoto levou o bronze na maratona aquática de 5 km e Felipe França foi prata nos 50m peito.